Águas e banhos

ÁGUAS NA UMBANDA:

A água na Umbanda é um dos elementos naturais mais receptivos com uma energia condutora, ela é utilizada principalmente pelos Guias Espirituais nos momentos onde há a necessidade de realizar grande limpeza,purificação e energização de nosso corpo astral e de nossa casa, afinal existem cargas e energias negativas,que somente esse elemento natural é capaz de desfazer, limpar e equilibrar. ÁGUA DO MAR: Ótima para descarrego e para energização, batida contra as rochas e as areias da praia, vibra energia, por isso nunca se apanha água do mar quando o mesmo está sem ondas. A energia salina do mar “queima” as larvas e miasmas astrais, principalmente sob a vibração de Iemanjá. Podemos ir molhando os chákras à medida que vamos adentrando no mar, pedindo licença. No final, podemos dar um bom mergulho de cabeça, imaginando que estamos deixando todas as impurezas espirituais e recarregando nosso corpo de energias sutis. Ideal, se realizado em mar com ondas. Saudemos Mamãe Iemanjá e todo o Povo do Mar. ÁGUA DA CACHOEIRA: Com a mesma função do banho de mar, só que executado em águas doces. A queda d’água provoca um excelente “choque” em nosso corpo, restituindo as energias, ao mesmo tempo em que limpamos toda a nossa alma, é água batida nas pedras, nas quais vibra, crepita e nos livra de todas as impurezas. Ideal, se tomado em cachoeiras localizadas próximas de matas e sob o sol. Saudemos Mamãe Oxum e todo Povo d’água. ÁGUA DOS RIOS E LAGOAS Tem também grande propriedade curadora e equilibradora. Se o rio tiver pouco movimento, quase parado, assim como a lagoa ou mangue, essa água tem uma energia decantadora e curadora. Saudemos Nanã Buruquê. Se o rio for bem movimentado com corredeiras, a energia da água é energética, equilibradora e reparadora. Saudemos Mamãe Oxum. ÁGUA MINERAL Água da pureza, do equilíbrio, da harmonização e da paz. Envolve nossos chakras desobstruindo-os e equilibrando- os. Utilizada para a fixação de fluidos espirituais transmitido pelas Entidades de Luz. É uma água muito fácil de se encontrar, por isso aproveitem esse Axé. Saudemos Oxalá. ÁGUA DE POÇO É excelente nos casos de doenças, tanto no corpo espiritual como no corpo astral, pois tem uma grande energia transmutadora. Essa água está em contato com a terra, que é o agente mais poderoso de regeneração física absorvendo a energia ruim da área afetada, colocando em seu lugar uma energia boa. A cura se processa graças a uma troca de energia devido a interação entre os componentes físico, químico e energético que a terra oferece. Saudemos Omulu e também Nanã. ÁGUA DA CHUVA É altamente energética e purificadora. É a água que entrou em estado de vaporização e absorve toda a energia do ar, quando novamente entra em outro estado de mudança e retorna ao estado liquido, caindo do céu sobre a terra. Por isso, é utilizada justamente nos momentos em que precisamos de mudança. A água da chuva é benéfica e pura, porém, depois de cair no chão, torna-se pesada, pois atrai as vibrações negativas do local. sendo ótima também para banhos de descarrego e limpeza de ambientes, pois é ela que limpa as ruas e as encruzas carregando todas as vibrações dos trabalhos arriados nesses locais. Saudemos Iansã, dona do tempo e das tempestades. BANHOS: Todos nós temos ao redor do nosso corpo físico um campo eletromagnético, composto por corpos sutis, que se denomina aura.As auras das pessoas e dos lugares funcionam como antenas que recebem e enviam mensagens entre si, que são decodificadas através da nossa intuição. Quando passamos por situações estranhas, energias desequilibradas se agregam à nossa aura e permanecem lá por muito tempo provocando doenças. Quando tomamos um Banho de Ervas limpamos a nossa aura fazendo com que ela volte a funcionar normalmente e harmonizando os nossos chákras que são túneis por onde entram as energias no nosso corpo físico. Cada planta tem características próprias que interagem com as nossas energias provocando as mudanças necessárias. As ervas podem limpar, energizar, melhorar nossa auto-estima, tirar nosso cansaço, etc... Para fazer um banho de ervas, devemos olhar a grande lista de ervas abaixo e escolher aquela que vai se adequar à nossa situação. Pegue um punhado de cada erva e faça um chá com elas. Coe numa jarra e após tomar um banho normal, jogue o chá do ombro para baixo, ou da cabeça para baixo dependendo o tipo de ervas.As ervas podem ser misturadas e o resultado será melhor se usado número impar de ervas. O sal grosso pode ser usado como banho de limpeza, mas é preciso que se tome um banho de ervas logo depois. As sobras das ervas devem ser colocadas em um jardim. O banho pode ser preparado, quente ou frio, depende do tipo de erva a ser utilizada. Preferencialmente tome os banhos antes de dormir, exceto os energéticos e estimulantes que devem, ser tomados de manhã. Obs: Os banhos de ervas, flores, devem e podem ser jogados da cabeça para baixo. Os banhos que são jogados do pescoço para baixo são aqueles que contém: sal grosso, cachaça, enxofre, pimenta, comigo ninguém pode, fumo ou aqueles destinados para outros fins. Quando usar sal grosso deve ser colocado açúcar na mesma medida usada para o sal grosso. Dicas Importantes Para Os Banhos : 1 - Os banhos devem ser acompanhados de preces pessoais espontâneas e sinceras. Peça. Converse com Deus e com seus protetores espirituais. Os resultados são fantásticos. Se desejar, acenda uma vela branca para o seu anjo da guarda. 2 - As flores e ervas frescas não devem ser fervidas. O valor energético das mesmas se perderá. 3 - Caso não consiga flores e ervas frescas, você pode usá-las secas. Neste caso, poderá colocá-las em água fervente e abafá-las. Evite fervê-las. 4 - Se estiver sentindo frio, acrescente ao banho, já preparado, uma quantidade de água mineral quente. 5 - Os resíduos dos banhos devem ser devolvidos à natureza. Coloque os resíduos num jardim ou no mar. Não se joga no lixo flores e ervas utilizadas em banhos energéticos, pois, se forem devolvidas à natureza, servirão como adubo. 6 - Na verdade não existe mal algum em jogar uma mistura de sal grosso e água na cabeça. Afinal de contas, nós não tiramos a cabeça para entrar no mar, onde há maior concentração de sal que nos banhos de limpeza energética. O que causa desconforto e cansaço é manter o sal no corpo por muito tempo. Por isso, três horas após um banho com sal grosso, banhe-se apenas com água, caso use o banho da cabeça aos pés. 7 - Banhos preparados com ervas como arruda, comigo-ninguém-pode, espada-de-são-jorge e pára-raios não devem tocar a cabeça. Podem causar cansaço, letargia, dores e insônia. Evite-as. BANHOS: Em todas as tradições místico-esotéricas, os banhos são indicados como poderosos auxiliares nos processos de cura e equilíbrio de energia do nosso corpo. O banho feito com lírios brancos e rosas brancas, por exemplo, acalma e restaura a paz espiritual. Banhos com mel ajudaram adoçar o temperamento e com camomila propiciam bons sonhos. Para o cansaço e a tensão do dia, faça um escalda-pés com melissa e se sentirá relaxado.

This entry was posted in Banhos e Ervas and tagged , , , , , , . Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>